terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Resenha - Verity


Título: Verity
Autor: Colleen Hoover
Editora: Record (2020)
Classificação: 
Páginas: 333
Sinopse:  Lowen Ashleigh é uma escritora à beira da ruína financeira quando aceita a oferta de emprego de uma vida. Jeremy Crawford, marido da escritora best-seller Verity Crawford, contrata Lowen para completar os livros restantes em uma série de sucesso que sua esposa doente não consegue terminar.
Lowen chega à casa de Crawford, pronta para examinar os anos de anotações e rascunhos de Verity, na esperança de encontrar material suficiente para iniciá-lo. O que Lowen não espera descobrir no escritório caótico é uma autobiografia inacabada que Verity nunca pretendeu que alguém pudesse ler. Página após página de admissões arrepiantes, incluindo a lembrança de Verity da noite em que sua família foi alterada para sempre.
Lowen decide manter o manuscrito escondido de Jeremy, sabendo que seu conteúdo devastaria o pai de família que já está sofrendo. Mas, quando os sentimentos de Lowen por Jeremy começam a se intensificar, ela reconhece todas as maneiras pelas quais poderia se beneficiar se ele lesse as palavras de sua esposa. Afinal, não importa o quão dedicado Jeremy seja à sua esposa ferida, uma verdade tão horrível tornaria impossível para ele continuar a amá-la.

Verity que está para chegar por aqui pela editora Record promete ser um livro intenso, misterioso e arrebatador e já posso adiantar que a Colleen conseguiu se superar com seu primeiro Romance/Thriller Psicológico, porque esse livro com certeza vai mexer com a sua cabeça.

Lowen Ashleigh é uma jovem escritora que atualmente vive totalmente na escuridão e na solidão após perder sua mãe recentemente. Sem muitos motivos ela vive em um apartamento no qual está prestes a ser despejada pelas dividas que se formaram ao meses de tratamento de sua mãe. 

E quando surge uma proposta que pode mudar sua vida, ela resolve descobrir se esse trabalho realmente vale a pena. Se destino se cruza com Jeremy Crawford, marido da escritora best-seller famosa Verity Crawford que quer contratá-la para continuar a série famosa de suspense da esposa, pois a mesma sofreu um acidente e está incapacitada de escrever. 

Relutante e confusa Lowen acaba aceitando a proposta e quando chega à casa dos Crawford, ela se prepara para examinar os anos de anotações e rascunhos de Verity, para que possa entender mais da autora e seu estilo de escrita. Mas o que Lowen não esperava era descobrir no escritório da autora uma autobiografia inacabada no Verity escreveu diversas páginas sobre a história de sua vida. 

Conforme Lowen vai lendo páginas e mais páginas de admissões e confissões sombrias e arrepiantes, ela vai ficando mais confusa e intrigada com que encontra no meio daquelas páginas. Quem era Verity? Porque ela escondeu seus pensamentos naquele manuscrito? E o mais importante qual a verdadeira história dela?
'' É o que você faz quando experimenta o pior dos piores. Você procura pessoas como você...pessoas piores do que você... e você as usa para se sentir melhor com as coisas terríveis que aconteceram com você.''


“Minha mãe costumava dizer que casas têm alma. Se isso for verdade, a alma da casa de Verity é do tipo mais escuro que existe.”
Verity foi um livro totalmente viciante e confesso que não larguei até terminar essa história intrigante que a Colleen escreveu. Fiquei exatamente 6 horas sentada e vidrada nesse livro até que eu conclui-se essa história que vai ficando mais misteriosa e sombria conforme o enredo vai avançando.

Colleen está de parabéns por escrever um livro fugindo um pouco de seus padrões e trazendo mais tensão para a história e criando uma personagem tão complexa quanto Verity. Meus sentimentos até agora são conflitantes e nem sei o que dizer de uma história tão bem enredada e intricada como essa.

Falar dos personagens é até fácil, mas é difícil falar da história sem dar spoilers, pois a autora preparou tão bem o livro que a cada reviravolta vamos ficando mais e mais ansiosos para desvendar todo o mistério em volta dessa personagem incógnita.

Acho que essa é a palavra para eu poder descrever Verity, uma incógnita, você não sabe como é a personagem, se o que ela diz é verdade e se tudo que estamos lendo realmente aconteceu e se ela diz ser quem realmente é, e essa é a graça do livro e o que faz você quer ler mais e mais, para saber qual a verdade por trás de tudo.

Lowen é uma personagem interessante, não é das minhas preferidas da Colleen, mas ela é passável na história, não apeguei tanto a ela, mas isso não interferiu no enredo no geral.

Jeremy é um bom personagem e foi bem construído, sua interação com Lowen foi bem feita e aos poucos vamos vendo os personagens se conectarem aos poucos ao longo da trama.
Achei bacana o jogo de psicológico que autora inseriu na história, nos fazendo questionar diversas cenas e aspectos na trama sem saber o que era real ou não. E o mais interessante é que ela não deixou pontas soltas ( pelo menos não encontrei nada) que fizessem a gente deduzir e compreender tudo que tinha acontecido.

A finalização me surpreendeu, e curti a resolução que a autora deu, apesar de sentir que precisava de mais respostas mesmo entendendo o que ela quis fazer. Por isso não favoritei o livro. 
A diagramação eu não posso falar tanto, pois li em e-book, mas posso dizer que a capa remete bem a história e o livro no geral está bem construído.

Para concluir, posso dizer que Verity vai mexer completamente com sua cabeça e vai fazer você ficar vidrado nessa história que a autora criou e que é um livro que vale muito a pena estar na sua lista de leitura esse ano pelo trabalho bem feito de suspense.



13 comentários

  1. Parabens pela resenha
    Ainda nao li nada dessa autora
    Pretendo fazer isso em breve

    ResponderExcluir
  2. Uau!!!
    VOU CHORAR!! Tu leu o livro que vai lançar ainda esse ano!! Amo a Colleen!!
    Menina eu fico muito contente em saber que ela fugiu um pouco do que ela costuma escrever porque eu li um romance dela ainda esse ano e tava se tornando meio chato algumas coisas, sei lá eu já estava pegando as manias de escrita dela, eu sabia a maneira perfeita que ela escreve. Uma coisa que vamos confessar é que ela está se tornando a Rainha do Drama, ela sabe escreve muito bem livros assim e que mexem com o psicológico. Estou ansiosa para ler esse livro e esse é mais um que é certeza que irei ler, tipo o mais rápido que eu puder haha
    É bem diferente o roteiro e seus comentários são muito legais, acho que não vou gostar tanto da protagonista, mas tirando isso, vou amar ler esse livro. É muito curioso essa história, me lembra o gênero Romance policial.
    Beijos *-*
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jessica como vai? Me parece ser um livro incrível não é mesmo! Até por se tratar de um livro da Colleen Hoover. Adorei sua resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Acredita que nunca li nada da Colleen?
    E tipo, vários blogs estão sempre indicando os livros dela, mas infelizmente ainda não tive uma oportunidade de começar a aventurar pela escrita da autora.
    Vou colocar na minha wishlist! Bela dica :)

    www.estupefaca.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Amei sua resenha!
    Esse, sem dúvida, é o meu lançamento mais desejado de 2020! Estou simplesmente loooouca pra ler, pois, amo a CoHo e já estou aqui roendo de curiosidade pra ler!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Menina, esse livro mal foi lançado e meus amigos já leram e já estão na indicando. Eu preciso ler algo dessa autora logo.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Uau, ainda não conhecia essa história, mas gostei muuito da premissa. Já anotei a dica!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Jess! Minha leitura atual é um livro da autora e estou curtindo muito, sentindo na pele as emoções dos personagem. Já estou ansiosa para conferir este também, a história parece excelente. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Sua resenha já me deixou mega curiosa. Faz um tempo que não leio nada da autora, mas eu adoro a escrita dela e a forma que ela nos envolve na trama. Adorei conhecer este livro.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu só li dois livros da autora e gostei bastante da escrita dela. Realmente esse foge um pouco dos gêneros que ela escreve, o que me deixa ainda mais curiosa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi Jeh!
    Esse livro é chocante, e os personagens são muito loucos kk
    Verity é uma incógnita msm, e Lowen é uma personagem muito patética kk
    Eu gostei dele, mas com ressalvas!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá, Jéssica.
    Eu não sou muito fã da autora como todo mundo que conheço. Na verdade tenho vários problemas com os livros dela. Mas esse em especial eu quero muito ler porque é de um gênero que amo e só vi elogios até agora. Mas fiquei preocupada com essas respostas que ficou faltando. Espero que o final não seja aberto, que odeio hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Jéssica Andrade

imagem-logo