terça-feira, 18 de junho de 2019

Resenha - 36 perguntas que mudaram o que sinto por você


Título: 36 perguntas que mudaram o que sinto por você
Autor: Vicki Grant
Editora: Galera Record
Classificação: 
Páginas: 252
Sinopse: Hildy e Paul têm as próprias razões para participar de um estudo do departamento de psicologia da universidade local que tem o intuito de “facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento”.
O experimento consiste em 36 perguntas, algumas inofensivas, como Quando foi a última vez que cantou sozinho?; outras nem tanto, como Qual sua mais terrível memória? As questões ajudam os dois a desnudar para o outro — e para si mesmos — sentimentos muitas vezes reprimidos.
Segredos são revelados; vulnerabilidades, expostas. Hildy e Paul chegam ao fim do questionário entre risos e lágrimas, e baiacus voadores! Mas a pergunta mais importante permanece: eles se apaixonaram?





36 perguntas que mudaram o que sinto por você é a minha primeira leitura da autora Vicki Grant e confesso que tinha altas expectativas sobre essa história que promete ser um romance fofo e doce, mas será que o livro cumpriu tudo isso?

Hildy e Paul vivem de formas diferentes, com famílias diferentes, rotinas diferentes e até mesmo possuem personalidades diferentes, e a chance de se encontrarem e conversar era totalmente nula, mas ambos acabaram se conhecendo através de 36 perguntas e essas 36 perguntas se transformaram em algo muito maior do que um simples estudo de relacionamento.

Hildy é uma jovem que tem sonhos e objetivos e por seruma garota muito sensível e preocupada, vive uma vida regrada e dificilmente toma uma atitude drástica quando se trata de algo. Controlada, Hildy acaba por acaso aceitando um estudo de faculdade onde terá que responder 36 perguntas junto à outra pessoa que seria ideal para ela para estudos sobre relacionamentos de casais que podem se conectar através das respostas. Sem acreditar muito nisso e até mesmo em um futuro romance, Hildy acaba aceitando e em uma sala qualquer acaba conhecendo Paul, um jovem totalmente diferente do que ela imaginava ser seu parceiro de perguntas e respostas.
" Só porque algo é verdadeiro não significa que você tenha que gostar."
Paul é um garoto calmo e tranquilo, mas que por fora se mostra indiferente a tudo e não liga para nada, e que acaba aceitando participar de uma pesquisa para ganhar os 40 dólares que pagarão no final das perguntas. E apesar de não estar nem ai para isso, Paul acaba se surpreendendo quando encontra Hildy para conversarem e o que parecia uma coisa totalmente sem graça passa ser uma válvula de escape para ambos e apesar de por fora parecem completamente diferentes em tudo, Paul e Hildy vão perceber que têm mais em comum do imaginam.

Será que um estudo e 36 perguntas poderiam criar um relacionamento ou até mesmo um amor? Será que apenas uma conversa longa fará duas pessoas distintas se apaixonarem?

" A ideia de todo mundo sobre o comum é diferente. Somos indivíduos. Circunstâncias diferentes. Influências diferentes."


36 perguntas que mudaram o que sinto por você é um ótimo romance para te tirar de uma ressaca literária. Com grandes diálogos e pouca narrativa, o livro flui rapidamente e você se vê envolvida com os diálogos dos personagens. E apesar de ter enroscado um pouco no inicio da conversa entre Hildy e Paul, achando meio cansativo, a leitura fluiu muito bem depois do inicio.

A narração é feita por Hildy e seus dilemas da vida, suas preocupações e problemas familiares. Confesso que desde a primeira frase dela no livro eu percebi que não ia me familiarizar com Hildy. Torci o nariz no inicio mesmo, achei a personagem muito bobona para a idade dela e todo essa ar de trapalhona e ''falante de coisas aleatórias" não me desceu. Mas ai o problema foi se resolvendo, Hildy aos poucos foi ''amadurecendo'' e a leitura foi fluindo bem melhor.

Paul já foi mais fácil de gostar, talvez pelo seu jeito durão e desligado por fora, mas mostrando o oposto por dentro faz a gente se simpatizar por ele, e também é claro, pelo fato dele ser mais objetivo que a personagem feminina. De inicio confesso que não imaginava um romance entre os dois, mas aos poucos vamos conhecendo melhor os personagens e logo conseguimos ver um certo romance no meio deles.

As expectativas foram supridas em diversos aspectos, mas como disse ali em cima teve pontos que confesso que foram bem cansativos devido a personalidade de Hildy. E a leitura foi realmente engajar do meio para o fim.
Outro ponto que ficou óbvio para mim desde o inicio foi o relacionamento conturbado de Hildy com os pais e de cara matei o mistério que a autora tentou colocar sobre o problema da família. 
Já com Paul foi diferente, pois como não temos seu ponto de vista, Paul fica mais como um personagem vago, então quando aquele ''drama'' que foi revelado foi mais inesperado.

E para quem pensa no ''drama'' que citei, o livro não tem nada de drama. Os diálogos e as conversas dão aquele ar mais divertido, relaxado, mas mesmo assim sempre encontramos aquele ar mais triste na história né? E apesar de autora inserir isso, não afeta o humor do conteúdo em si.
Achei interessante a autora focar nos personagens e jogar um plano de fundo entre os personagens secundários mais raso, mal aparecendo nas cenas, mas dando para conhecer o suficiente e entender a vida deles no geral.
Outro ponto interessante é que a autora explora mais os defeitos dos personagens do que suas qualidades em si e desde o começo vemos o lado problemático deles e aos poucos vamos conhecendo a personalidade e as partes ''boas'' e por isso talvez no final você acabe se apaixonando mais pelos personagens do que de inicio.

A diagramação do livro está linda! A editora Galera Record caprichou não só nos diálogos e interações, mas também nas ilustrações e na capa que trás todo um sentido para o livro. E nesse exemplar que recebi não encontrei erros ao longo da leitura.

Para finalizar, posso dizer que 36 perguntas que mudaram o que sinto por você é aquele tipo de livro fofinho, clichê sessão da tarde, que vai aquecer seu coração e fazer você sair com um sorriso no rosto depois que finalizar a leitura. Se você é um romântico de plantão (como eu rsrs) ou se gosta daqueles romances gostosinhos e clichês para passar o tempo com certeza vai gostar dessa história. 




14 comentários

  1. Adorei seu esse seu artigo, realmente é um dos melhores blog que estou visitando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus favoritos ❤️..

    Meu Blog: Resultados Loterias Estaduais

    ResponderExcluir
  2. Oi Jess,
    Eu já tinha achado essa capa tão fofa, mas nem imaginava um romance assim.
    Super curti, espero ler futuramente.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. só pelo título ja me chamou super a atenção, adorei conferir sua resenha e fiquei bem curiosa pra ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  4. Oi Jeh!
    Adorei suas fotos! Eu achei a proposta desse livro legal, deu vontade de ler!
    Tenho q me lembrar dele qnd estiver de ressaca, rs. E eu adoro diálogos!
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias ❤️ Tem SORTEIO DE LIVROS rolando no blog!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jess!
    Menina, está todo mundo falando bem desse livro e estou tentada a dar uma chance...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Olá, Jéssica.
    Eu gostei bastante do livro, ainda mais por saber que existe esse estudo de verdade hehe. Daria um ótimo filme de comédia romântica. E a edição da editora está muito bonita.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess! Eu gostei muito do livro e concordo que a protagonista falante ao excesso no começo é complicada, mas depois eu acho que ela entrou nos eixos. O livro é adorável. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi Jessica, estou lendo resenhas bem parecidas com a sua, apesar da leve ressalva eu estou com as expectativas altas tb, espero gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Ai que fofinho! Quero ler muito!Vou por na minha lista. :)
    Confira meu último post- https://garotastarfashion.blogspot.com/2019/06/inspiracoes-de-vestidos-na-moda-2019.html

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jess!

    Eu não conhecia o livro, mas adorei! Mesmo com as partes cansativas por causa da personalidade da personagem, como você citou, eu ando precisando de histórias mais leves que ajudem com a ressaca literária hahahah Já foi pra minha lista!

    Beijos,
    Caverna Literária - http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Jeh,
    Eu sou uma defensora de livros fofos, clichês a la sessão da tarde, porque eles ajudam taaaaanto a gente a superar uma ressaca literária, né? É sem erro.
    Quero ler, acho que vou amar!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Só de ler sua resenha eu fiquei com vontade imensa de ler. Adoro histórias assim. Vou ler com certeza.
    Beijos.
    www.lewestinblog.com

    ResponderExcluir
  13. الخطر الذي نواجهه من تواجد النمل الابيض في منازلنا ، ناتج من طبيعة نظامه الغذائي ؛ فالنمل الابيض لا يتغذي سوي علي عنصر " السليلوز " ، و مثل هذا العنصر الحيوي الهام ؛ فهو متواجد في العديد من اثاث المنزل ، مثل

    خشب الموبيليا
    سجاد الارضيات
    الملابس الشخصية
    مراتب السرائر
    الستائر و المفروشات
    الاوراق
    فهل تتخيل كمية قطع الاثاث التي لا تخلو منها المنازل ، و ستكون عرضة للتآكل و التلف بسبب وجود النمل الابيض داخل حدود المنزل
    شركة مكافحة النمل الابيض بحائل
    شركة مكافحة النمل الابيض ببريدة
    شركة مكافحة النمل الابيض بالخرج
    شركة مكافحة النمل الابيض بالقطيف

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Jessica Andrade

imagem-logo