terça-feira, 14 de maio de 2019

Resenha - Cidade de Vidro


Título: Cidade de Vidro - Os Instrumentos Mortais #3
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 
Páginas: 474

Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Resenha: Cidade de Vidro é o terceiro volume da série Instrumentos Mortais e essa sequência consegue caminhar bem e trazer muita ação do começo ao fim e também boas reviravoltas para a trama.
Clary nesse livro, descobriu tudo que sua mãe lutou tanto para esconder dela e isso a deixa completamente atordoada e perdida, mas mesmo assim ela vai atrás de um feiticeiro chamado Ragnor Fell em busca de ajuda para salvar a vida da mãe que ainda encontra-se desacordada por causa de um forte feitiço. Alem desses problemas, ela tem que lidar com as revelações que Jace é seu irmão que por um destino cruel é o seu grande amor. E precisa lidar com Valentim, seu pai, que na realidade é um monstro.

Jace que além dos problemas atuais, lidar com os sentimentos que ele tem por Clary faz com que tudo acabe ficando mais difícil a cada momento. E Valentim que ainda segue com seu plano de destruir todos os seres do submundo que não sejam caçadores de sombras, pois para ele qualquer um que não seja caçador de sombras é alguém que não merece viver. Mas para isso, ele precisa que tudo aconteça conforme planejado assim juntando os instrumentos mortais para pôr seu plano maligno em pratica.


Já a família Lightwood juntamente com outras famílias de caçadores de sombras do conselho precisam se reunir em para que consigam montar uma estratégia e destruir os planos de Valentim antes que seja tarde demais.
“O amor não a enfraquecia, a deixava mais forte do que qualquer pessoa que já conheci. E percebi que o fraco era eu”.


Cidade de Vidro segue uma boa sequencia e se mantem em um enredo bem interessante e marcante.
Nesse livro somos levados a Cidade de Alicante e podemos entender um pouco mais do mundo dos Cassadores de Sombras que a autora criou, pois conseguimos enxergar uma expansão ainda maior de personagens e localidades.
Clary que é a nossa personagem principal resolve entender um pouco do passado dela, e aos poucos ela vai entendendo a história de Valentim, e também o porque ela consegue criar os símbolos diferentes dos já vistos. 
Reviravoltas é o que mais acontece nessa história e isso acaba prendendo o leitor conforme as páginas vão indo.

A cada vez que descobrem mais informações sobre o passado de Jace e Clare, logo descobrem que entenderam tudo errado e que muitos detalhes que eram muito importantes haviam sido deixados de lado.
A finalização do livro terminou bem resolvida que poderia ser até uma resolução da série, mas ainda temos muita história a rolar para resolver diversos pontos que estão aparecendo.

Clary, por sua vez, melhorou um pouco e se tornou mais madura e forte nesse, mas ainda sinto que a personagem precisa se desenvolver mais.
Jace, por sua vez, continua se mostrando durão, sarcástico e inteligente, um personagem muito bem trabalhado e seu desenvolvimento está cada vez melhor.

Gostei muito de ver o desenvolvimento do Alec que finalmente evoluiu para um guerreiro melhor e por fim aceitou o seu lado homossexual, expondo-o a todos, assim tirando um fardo de suas costas. 
Também adorei a atuação de Isabelle, ela é uma grande personagem, mas que apareceu pouco nos livros anteriores e já nesse livro, Izzy consegue brilhar mais e se desenvolver também.
Temos Simon também, estou adorando ver ele como vampiro e espero, muito, que ele ainda viva muitas aventuras ao lado de Maia e Izzy e que um romance concreto se desenvolva logo.

Para concluir, posso dizer que Cidade de Vidro conseguiu evoluir bem com a série, trouxe um enredo que te prende do inicio ao fim e apesar de concluir diversas pontas soltas consegue trazer um gancho interessante para o próximo livro.



14 comentários

  1. Oi Jess! Esse é o meu favorito da série, mesmo que tenha outros três volumes ainda, a história teve um bom desfecho nesse volume. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus, que capa belíssima.
    A editora está caprichando nas capas. Estou adorando.
    Bom saber que a autora não pisou na bola e segue o ritmo. O que mais vemos são autores que desandam a série no meio do caminho. Detesto!

    Tenha uma ótima noite.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Jess,
    Eu e a Cassandra Clare ainda não nos entendemos. Nenhuma leitura dessa saga foi proveitosa, acho que é meu ranço pela Clary e Jace que deixam as coisas assim. Confesso que eu lia pela Izzy e Malec. HAHAHAHA
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha, ainda não conhecia essa sequência de livros e confesso que a história não me fisgou muito. Mas que bom que a leitura fluiu bem com você!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jéssica.
    Eu acho que a história poderia ter terminado nesse livro porque dai em diante a coisa só desandou. Nem consegui terminar ela ainda. Parei no quarto livro e fui ler As Peças Infernais e amei tanto que nunca mais achei animo para voltar a ler essa série hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. essa serie de livros é mesmo super bem falada, adorei conhecer mais do terceiro livro

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jéssica

    Eu nunca senti vontade de ler esta série. Aliás, nunca senti voltade de ler nada da autora. Eu acho que não desapega, sabe? E se eu tivesse começado a ler ia ficar muito pau da vida de ver que toda hora ela inventa uma história dentro deste universo! ahahahah
    Bacana que o personagem assumiu a sexualidade neste volume. Eu via algumas fotos quando a série estava passando e achei legal a representatividade.

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jess!
    Como estou amanda e preferindo fantasia, no momento. Fiquei interessada a ler esse livro. Mas como é uma série fiquei desanimada. Mas pela que li comentário da Sil, parece que as coisas desandam com o tempo, rsrs. Enfim, vou ter que ler para saber!
    Até mais!

    Depois da Leitura
    Loja Depois da Leitura

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Não acompanhei essa série, mas confesso que tenho uma certa curiosidade para ler, pois sempre vejo resenhas falando muito bem dela ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jess!

    Essa capa ficou muito linda! Sou doida pelos livros da Cassandra, Instrumentos mortais é a minha série preferida e imagino que você vá gostar bastante também dos demais volumes :D

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Jess, que bom que a autora conseguiu evoluir na história. É uma série que não acompanho, mas fico feliz que tenha gostado!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi Jeh!
    Eu nunca li nada da Cassandra Clare, nunca senti vontade e provavelmente continuarei assim, rs.
    Até vi o filme e tentei começar a série dos Instrumentos mortais, mas n deu muito certo não XD
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  13. Hi, tudo numa nice?!
    Há milênios eu li o primeiro livro, mas nunca dei continuidade. Sempre quis porque gostei da escrita da autora e da narrativa, mas há tantos livros que decidi conferir outras séries dela do mesmo universo. Essas capas são bem lindas.
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Jessica Andrade

imagem-logo