quarta-feira, 17 de abril de 2019

Resenha - Vem Comigo


Título: Vem Comigo
Autor: Karma Brown
Editora: Galera Record
Classificação: 
Páginas: 305
Sinopse:  Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada.
Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do ''pote dos desejos'', uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura.
Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade - e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou.
OBS: Livre de Spoilers.

Resenha: Vem Comigo se mostrou uma história marcante, contando a jornada de uma jovem mulher que perdeu aquilo que mais amava e se afundou em uma onda de tristeza e que aos poucos tentava lutar para subir a superfície de volta.

Tegan Lawson conheceu Gabe Lawson em uma festa do apartamento onde morava na época em que estudava e desde aquela época ambos se tornaram inseparáveis.
Anos depois eles ficaram noivos e se casaram e logo depois veio a notícia de que Tegan estava grávida e a vida dos dois que já estava maravilhosa se tornou perfeita.
 " O tempo é o único capaz de curar, mas a dor permanece como uma ferida aberta."
Mas o que era para ser uma linda noite de natal acaba se tornando o pior pesadelo de Tegan e Gabe. Já se passaram seis meses do casamento e Gabe está dirigindo o carro com Tegan para passarem o natal na casa dos pais dele, mas com uma pista molhada, escorregadia pelo gelo e uma distração fazem ambos sofrerem um grave acidente de carro levando os sonhos e as alegrias junto naquela noite.
 " O biscoito se esfarela em um milhão de pedaços(...) Encarando as migalhas, me dou conta de como elas se parecem com a vida. Não há nenhum pedaço grande o bastante para satisfazer; tem pedaços demais e, mesmo se você tentar juntar todos, alguns ficarão para trás. Perdidos para sempre.''

Meses se passam e Tegan está em uma grande depressão que a faz sucumbir cada vez mais, sem se conformar com a morte de seu bebê, Tegan fica cada vez mais perdida em tristeza e pesadelos, sem saber muito o que fazer para aliviar tamanha dor e ela e Gabe acabam tendo a ideia de realizar os sonhos de um antigo potes de desejos no qual eles escreviam na adolescência . Mesmo com a dor, Tegan resolve junto com Gabe viajar para descobrir novas coisas e tentar voltar antigos sentimentos. Assim, fazendo com que ambos possam tentar seguir em frente, mesmo não querendo esquecer o passado.
" A morte deixa uma dor que ninguém consegue curar. O amor deixa uma lembrança que ninguém é capaz de roubar."

 Vem Comigo é uma história marcante, emocionante que vai você se sensibilizar com a história da personagem e ao mesmo torcer para que uma história tão triste possa ter um caminho feliz em algum momento.
É o meu primeiro contato com a autora Karma Brown e o livro em si foi uma confusão de sentimentos para ser sincera, teve momentos que curti muito a história e leitura fluiu muito bem, teve momentos que me emocionei e me apaixonei pela leitura, teve outros que a história começou a ficar muito parada e me deixou meio cansada e teve outros momentos que me senti meio frustrada com a personagem Tegan.

Tegan é uma boa personagem, que já de inicio vemos o quanto ela está abalada e perdida com o acidente que destruiu não só os seus sonhos, mas também a sua vida totalmente. Sem rumo, Tegan acaba sofrendo uma depressão e aos poucos aos longos das páginas, após muito esforço ela vai tentando se descobrir novamente e tentar dar um sentido a vida dela.

A história gira em torno de Tegan e seu luto, e conforme fui lendo confesso que teve certos momentos que a personagem me irritou, pois a pesar de entender sua dor, sua raiva e frustração pelo que houve, ela se torna uma pessoa muito ressentida com Gabe que é seu marido e o culpa de tudo. E isso me fez diminuir um pontinho na nota geral. Outro ponto que tirei da nota foi que a história chega certo ponto que se estabelece e fica meio morna, sem acontecimentos marcantes e nada surpreendente. 

Mas ai é que está. Do nada vem certos acontecimentos que viram totalmente o rumo da história, dá sentido tudo aquilo que me incomodou durante a leitura e acabei não conseguindo deixar de me surpreender e gostar da obra e acabei acrescentando mais um ponto na nota.

Sobre os pontos positivos, o livro é muito bem detalhado no sentido de lugares, nós conseguimos nos imaginar exatamente onde Tegan e Gabe estão, a autora foca muito bem na viagem dos dois e todos os detalhes de cada país que ambos passam, fazendo o leitor literalmente viajar para dentro daquele lugar. E eu adorei isso, pois a leitura fluiu muito bem por esse ponto.
Algo positivo é que a autora soube dosar muito bem o crescimento da personagem, que aos poucos vamos vendo certos progressos, várias recaídas e muita luta para superar a depressão e o luto que ela sofre, deixando a história mais crua e muito mais realista.

A narração feita por Tegan é triste, solitária e é difícil não sentir empatia por ela e toda essa dor que está dentro de seu peito, é muito difícil se imaginar nessa situação e tentar superar algo tão terrível assim. O final como disse ali em cima me surpreendeu e me pegou totalmente de surpresa. Até parei e li de novo para ver se tinha entendido tudo direito, pois realmente a autora soube jogar uma boa reviravolta para a história toda.
O livro tem uma narração entre passado e presente e aos poucos vamos encaixando toda a história de Gabe e Tegan, vendo como se conheceram, como era a convivência dos dois, como foi o casamento antes do acidente e como ''ficou'' depois de tudo.

Não tenho muito o que falar do Gabe, mas da para ver o quanto ele é apaixonado pela Tegan e que em todo o momento ele fica ao seu lado a encorajando e a ajudando a tentar amenizar e superar a dor da perda que os dois sofreram, com certeza é um personagem que você vai se apaixonar. 

A edição  está muito bem elaborada, confesso que antes de ler a história fiquei refletindo o que a capa e o titulo queriam passar para o leitor e no final consegui entender e me surpreender. A editora caprichou na diagramação, não encontrei erros de ortografia enquanto lia e o livro está muito bem trabalhado dividindo cenas do passado e do presente.

Para finalizar, posso dizer que Vem Comigo com certeza vai mexer com seus sentimentos, vai te fazer refletir muito sobre a vida, vai te fazer sofrer com a dor da perda dos personagens, vai te emocionar e te deixar com uma sensação leve após a leitura, pois com certeza é um excelente drama, conseguindo ser triste e lindo ao mesmo tempo.


9 comentários

  1. Oi Jess! Eu estou com o livro aqui e contando que seja uma história que mexa com minhas emoções, nunca li nada desta autora e espero que sua narrativa seja comovente. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Jess! A sinopse desse livro me deixou curiosa e com receio na mesma medida, porque parece ser um daqueles dramas devastadores (do tipo que eu gosto, mas necessário estar com o emocional bem preparado). Apesar dos pontos negativos, quero muito conhecer a história de Tegan e Gabe, especialmente pela descrição dos cenários e por estar nessa vibe de livros que conseguem transportar o leitor para o local e por ter várias viagens nesse será uma verdadeira jornada.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oiii Jess

    Recebi esse livro ontem pela editora e não sei o que pensar da história, vou ler mas uma parte de mim tem muito receio justamente por conta dessa atitude ressentida da personagem com o marido, acho que vai me cansar um pouco também esse detalhe. espeor gostar da leitura e quem sabe até me surpreender com a narrativa.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Jess, tudo bem?
    Realmente, o plot principal é bem pesado. Deve ser difícil imaginar o que uma mãe sente ao perder o filho. Mas que bom que, no final, a lição é bonita e emocionante.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jéssica.
    Dos três livros que recebi da editora esse foi o que deixei por ultimo porque já vi que ia mexer muito comigo. E pelo que li na sua resenha é o que vai acontecer mesmo. Mas eu amo um livro assim e ele será minha próxima leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Jess,
    Quero MUITO LER! É um dos lançamentos que mais quero obter.
    Drama do jeito que eu gosto!!!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess,
    Realmente a premissa é de deixar a gente bem emotivos.
    Nem consigo imaginar o que a protagonista passa.
    Ainda bem que o marido resolve ajudá-la.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Que legal, já tinha visto esse livro, mas de início não fiquei muuito interessada na história. Mas pela sua resenha acredito que seja um livro realmente muito bom, e gostei muito da história que é contada nesse livro.
    Espero ler em breve.

    Bjinhos
    Início de Conversa

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: Jessica Andrade

imagem-logo