terça-feira, 6 de novembro de 2018

Resenha - Caraval




Título:  Caraval
Autor:   Stephanie Garber
Editora:  Novo Conceito
Classificação: 
Páginas: 400
Sinopse: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.
Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.


Resenha:
Será que é apenas um jogo?
Caraval já nos faz essa pergunta desde que você lê a sinopse e nos deixa ansiosos para entrar nesse mundo mágico onde tudo pode ser real ou não.
Scarllet é uma garota doce, que ama muito sua irmã Donatella e que faria tudo para que elas tenham uma vida melhor. Elas vivem em Trista um lugar meio sombrio graças seu pai o Governador Dragna. Um homem terrível, cruel que não tem piedade nem de suas únicas filhas. Scarllet é mais receosa que Tella já que ela presenciou uma cena mais cruel do seu pai e quando seu pai anuncia que ela se casará com um conde por ser a filha mais velha, ela aceita seu triste destino. Mas mesmo assim ela nutre uma pequena esperança que possa ter uma vida melhor para ela e sua irmã.
 “ Acredito que as pessoas devam ser livres para tomar as próprias decisões.”

Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever 7 cartas a ele, mas nunca obtivera resposta de nenhuma delas. O sonho de Scarllet sempre foi ver o Caraval de perto, já que é um evento único e cheio de mágica, artistas e encenações onde diversas pessoas jogam para ganhar um prêmio mágico no final do mestre Lenda. E sabendo que vai se casar, ela sabe que seu sonho vai embora para sempre, mas isso não impede dela mandar uma última carta para o mestre Lenda se despedindo, só que ela não esperava é receber uma resposta e com isso três pares de convite para ela, a irmã e seu futuro marido participarem do Caraval esse ano.
“ O que quer que tenha ouvido sobre o Caraval não se compara à realidade. É mais do que só um jogo ou apresentação. É a coisa mais parecida com magia que você verá neste mundo.”

Scarllet mal acredita na sorte, mas ela sabe que aceitar os convites está fora de cogitação, pois ela não pretende desobedecer ao pai que com certeza baterá nela e em Tella se pensarem em sair da ilha. Contando a Tella a novidade, mas confirmando não participar, sua irmã não pensa duas vezes e arma um plano junto com um marinheiro que ela conheceu para leva-las ao Caraval e nisso Scarllet acaba sendo sequestrada pelos dois. Mas o que Scarllet não sabia é quando chegam a ilha onde o Caraval se apresentará sua irmã Tella desaparece misteriosamente e ela só poderá contar com o marinheiro Julian para ajudá-la a encontrar.
 Mas o pior de tudo é quando ela descobre que Tella agora faz parte do mistério do Caraval, e se ela quiser salvar sua irmã de um destino terrível ela precisará  jogar muito bem e vencer o Caraval para tirá-la das garras sombrias do misterioso Mestre Lenda.
 “Não sabia se o jogo já tinha começado, porém era como se já estivesse perdendo.”
 “ Os sonhos que se realizam podem ser belos, mas também podem se tornar pesadelos quando as pessoas não acordam.”
 Entretanto em vez de sentir como se estivesse jogando um jogo, agora parecia que era o jogo que a jogava.”



Caraval é aquele tipo de livro que faz você dar voltas e voltas na sua cabeça. Você fica se perguntando se aquilo foi real ou não, se tudo que viu não passa de uma mera ilusão projetada na mente da personagem ou se de fato ela vivenciou tudo aquilo.
É uma história repleta de tramas, intrigas, romance e acima de tudo sobre o amor. Um livro mágico que irá te teletransportar para um universo incrível. E a  escrita da autora conseguiu descrever de forma leve e simples o ambiente da trama, sendo fácil visualizar toda a mágica do Caraval pelas pessoas.
Quando ouvi falar de Caraval imaginei um circo, cheio de artistas mágicos com vários truques nas mangas e passa até um pouco perto, mas em vez de ser um lugar pequeno o Caraval é enorme, só acontece durante a noite e muitas coisas realmente são mágicas e é um lugar onde você deve usar artimanhas, ter cuidado com o que compra já que o valor de compra não é uma simples moeda, pode ser um dia tirado de sua vida, ou seus segredos mais sombrios.
Claro que vi uma certa semelhança com Alice no País das Maravilhas com todas aquelas ilusões e momentos que pensamos se tudo que houve não foi fabricado na mente da personagem. Mas gostei muito da ambientação, da descrição dos lugares que a autora apresentou.
Falando em personagens Scarllet e Tella tem personalidades totalmente distantes, sendo somente um ano mais velha, Scarllet é diferente da irmã, é uma menina doce, calma, ansiosa, que pensa muito bem antes de se jogar ou agir por impulso. Já Tella é o contrário de tudo, uma menina animada, impulsiva, que quer aproveitar a vida da melhor forma possível, mas que tem um amor enorme por sua irmã. Tenho certeza que muitos vão gostar mais Tella do que Scarllet e seu jeito mais tranquilo. Mas confesso que identifiquei muito mais com Scarllet, já que se tivesse na sua situação teria os mesmos sentimentos e temores que ela. E Scarllet teve um crescimento bacana durante a história e com as aventuras que viveu conseguiu se soltar mais durante o livro.
Temos também Julian o marinheiro que logo de início me identifiquei muito com ele. Ele me passou uma confiança, mesmo sabendo que ele escondia diversos segredos.
Lenda já um personagem enigmático. Tenho quase certeza que ele apareceu no livro como algum personagem e nem sabemos quem é. Já que sua verdadeira aparência não é conhecida pelas personagens e nem nós leitores. E gostei muito da forma que ele foi inserido, fazendo a gente se perguntar diversas vezes: Herói ou vilão?
Interessante o fato do pai das meninas ser tão cruel aponto de bater nas próprias filhas, o mistério do porque ele se tornou tão amargurado e frio assim ainda está aberto, mas tenho lá minhas teorias.
Achei legal como a autora desvendou todo o desfecho e como se finalizou a história, com um gancho maravilhoso para próximo livro que parece que vai ser pelo ponto de vista de Tella.
O Romance ao longo da história flui muito bem e torci para o casal do começo ao fim, mesmo tendo minhas dúvidas já que não sabia dizer o que era ilusão ou não.
A diagramação da editora está ótima e encontrei só um errinho na leitura.
Para finalizar posso dizer que Caraval foi uma boa surpresa e se tornou um livro encantador por ter todo esse trabalho mágico dentro dele.
E pergunta que deixo para vocês é... Será que o Caraval realmente é apenas um jogo?
Recomendo.

13 comentários

  1. Já li algumas resenhas desse livro e todas eram positivas, lembro que fiquei com muita vontade de ler e depois acabei esquecendo. Depois da sua resenha fiquei com ainda mais vontade de conhecer esse livro!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Oie Jeh =)

    Lembro que na época do lançamento esse livro foi super comentado e desejado, mas por incrível que pareça a história em si nunca me chamou atenção.

    Fico feliz que você tenha gostado! Quem sabe mais para frente eu não acabe me rendendo e dando uma chance para obra.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Não consegui gostar tanto da história, porque não consegui aceitar a protagonista hauhauhua. Mas confesso que queria a continuação, mas duvido muito que a novo conceito traga =/

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  4. Oi Jeh!
    Acabou q a vibe desse livro passou e perdi um pouco a animação pra ler, mas continua na listinha! Que bom q gostou da leitura!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. bem interessante e intrigante mesmo esse tema do jogo, da realidade alternativa, ja fiquei curiosa pra ler esse livro

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Oi Jessica, tudo bem? O universo construído em Caraval é muito bacana e a edição da NC está linda demais em capa dura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess! Este livro tem um dos universos mais maravilhosos dos livros e me encantou profundamente. Tomara que a sequencia chegue aqui logo. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jessica!
    Primeira vez que vi esse livro achei que era Carnaval, hahahahahahaha.
    Sempre fico muito curiosa com ele e tenho muita vontade de ler, ainda mais depois dos seus elogios.
    Imagino que seja um universo incrível criado.
    Adoro histórias que fazem a gente pensar e fazer teorias e dar nós na cabeça.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Jéssica.
    Esse livro é incrível. Eu ficava a todo momento pensando se era real ou se eu estava sendo enganada hehe, Pena que pelo jeito nunca vou ler a continuação porque a editora parece estar em maus lençóis. Só se outra editora publicar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jess!

    Tenho curiosidade com Caraval desde o lançamento, e agora fiquei doida aqui lendo a sua resenha. Onde que a irmã dela foi parar, gente?? Quero desvendar todos os mistérios do livro com eleess!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Essa foi uma das minhas melhores leituras nesse ano. Fiquei impressionada de como esse livro me surpreendeu, positivamente, mesmo eu começando a leitura com expectativas tão altas. Não vejo a hora de ler o segundo! Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  12. Oi, Jess!
    Eu amo demais esse livro. Nossa, eu fiquei doida quando soube que ia sair aqui porque ele é muito maravilhoso. Agora te prepara que Legendary é muito tiro e Tella dona da porra toda!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  13. Eu sou doida para ler esse livro, mas ainda não tive a chance. Sua resenha me deixou ainda mais instigada!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo