sexta-feira, 8 de junho de 2018

Resenha - Corte de Asas e Ruína


Título:  Corte de Asas e Ruína
Autor:   Sarah J. Maas
Editora:  Record
Classificação: 5
Páginas: 687
Sinopse: Em “Corte de Asas e Ruína" a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime. 


Resenha:
 Feyre está mais do que decidida a se vingar daqueles que resolveram ajudar Hybern nessa guerra e ela começará de baixo, primeiramente na corte primaveril.
Depois de traçar seus planos, Feyre os coloca em ação destruindo de dentro para fora aquelas pessoas que ajudaram a ferir suas irmãs, e depois disso ela volta para seu lar para traçar o plano final: como derrotar Hybern.
 "Sabíamos, todos nós sabíamos. Sabíamos que não sairíamos com vida daquele campo de batalha."

Já na corte noturna eles começam a traçar planos e buscar aliados para a futura guerra. E logo ambos percebem que precisaram unir forças com diversas cortes, diversos soldados se quiserem ao menos ter uma chance de vencer, pois Hybern tem o caldeirão e uma vantagem muito grande em cima deles.
Mas o interessante é que Nessa, irmã de Feyre também esconde algo, depois que ela foi colocada no caldeirão algo muito importante aconteceu e isso poderá ser a chave para vencer.
 "- Isso pode ser... uma ideia muito ruim.- Ah, certamente é. Mas isso é guerra. Não temos o luxo de ter boas ideias, apenas escolher entre ideias ruins."

E nisso começa uma batalha contra o tempo, para encontrar aliados para guerra, pois as terras humanas estão em risco e a muralha está prestes a ser destruída, mas será que Feyre, Rhys e sua família conseguirão derrotar um inimigo tão forte? Será que o sacrifício valerá apena no final?
 “- Apenas você pode decidir o que a destrói, Quebradora da Maldição.”
 “- Lembre-se de que você é uma loba. E não pode ser enjaulada.”



Corte de Asas e Ruína é um livro um pouco difícil de resenhar, primeiro para não dar spoilers da história anterior, e segundo porque é um livro tão incrível que as palavras fogem na hora de escrever.
Sarah acertou nessa sequencia e o livro por mais que tenha quase 700 páginas, passa voando em suas mãos pela escrita rica que autora tem.
E tudo começa com uma Feyre que quer vingança pelo que aconteceu com o caldeirão e Hybern no final do livro anterior, ela quer destruir aqueles que traíram ela e sua família, e para isso ela começa sua caçada na corte primaveril. Depois de fingir ser usada por Rhysand, Feyre conquista a confiança de todos mais uma vez e quando menos esperam ela joga as cartas na mesa, mas não pense que isso fez da nossa personagem uma vilã, ou alguém cruel, pelo contrário, nós entendemos Feyre desde o começo e apoiamos suas decisões, pois acima de tudo ela só quer proteger sua família e sua cidade mágica.
Alguns mistérios do livro anterior ressurgem nessa sequencia, como o livro que Feyre roubou de outra corte e que Armen está tentando decifrar, e falando em na personagem, podemos entender um pouco melhor o passado dela e o que ela era antes de cair na terra.
Rhys e sua família são personagens que continuam cativantes, engraçados, com piadas e aquele humor que gostamos tanto, porem nunca deixam de apoiar uns aos outros, de se unirem e lutarem juntos até o fim, e esse tipo de família que eles são é o elo mais forte entre eles ali.
A relação da Feyre e do Rhys é perfeita, eles têm um elo muito forte, além da parceria é claro, Feyre e Rhys se completam e o que eu mais gosto no Rhys é que ele deixa Feyre ser quem ela é, nunca a molda o a proíbe de algo. E Feyre respeita Rhys independente da decisão que ele toma.
O livro tem foco na guerra, no problema enorme que eles precisam impedir e como vão fazer isso sem que muitas vidas sejam perdidas do campo de batalha e por isso talvez a leitura tenha sido mais lenta que os dois livros anteriores, pois mais da metade do livro é só métodos e estratégias para quando a guerra surgisse.
Nesse meio tempo vamos entendendo melhor o que aconteceu com as irmãs da Feyre depois do que houve com o caldeirão, vamos vendo qual preço elas pagaram por aquilo e o que receberam.


Gostei da forma que autora abordou a história do Lucien com a Elain, apesar dela deixar uma ponta solta sobre os dois, ficamos sem saber que lado Elain seguirá no final, já que não tem só Lucien próximo a ela.
Falando em Lucien gostei muito da forma no qual ele seguiu, sempre sendo leal as causas importantes, mesmo que tenha que fazer sacrifícios, perder amigos e isso fez ele um personagem que evoluiu durante os três livros, pois teve um momento no qual ele teve que decidir o que fazer ou a quem seguir e ele resolveu seguir o que achava que era certo.
Tamlin aparece pouquíssimo nesse terceiro livro, se no segundo ele não aparece tanto, nesse muito menos. É um personagem complicado de se expressar, mas digo que você sentirá um misto de emoções com ele, e ficará duvidosa se ele é realmente o que pensava ser no primeiro livro. Espero que nos próximos livros a autora explore mais um pouco dele.
Mor teve uma aparição melhor nesse livro, e por fim seus segredos desvendados, confesso que não fiquei tão surpresa com o caminho que ela seguiu e também espero que ela apareça mais nas próximas histórias.
Cassian e Azriel continuam os mesmos personagens de antes, leais, fortes e destemidos, podemos ver uma melhor interação de Cassian e seu tão famoso titulo de general no campo de batalha e Azriel não fica para trás, o encantador de sombras se mostra um personagem muito leal e forte.
A diagramação do livro está impecável, assim como a capa que me agradou bastante, apesar de que a do exterior é linda também.
Posso dizer que Corte de Asas Ruína foi uma ótima finalização do ponto de vista da Feyre e que estou ansiosa para os próximos livros no qual terão outros personagens como foco principal, estou ansiosa também para fechar algumas pontas soltas que a autora deixou no fim desse livro.
No geral se você gosta de livros arrebatadores, que fazem você ficar vidrado na história, essa trilogia merece ser lida, pois, a escrita da autora é excelente.

18 comentários

  1. Oie
    Eu adorei o primeiro livro e me decepcionei um pouco no segundo, ainda não senti vontade de ler este. Mas estou curiosa pelo desfecho. As capas são muito lindas.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum mas estou com vontade, amei sua resenha!

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Essa autora é diva, ela escreve livros enooooorrrmes, mas ótimos. Eu também adorei essa trilogia dela e estou me preparando para ler os outros que ela escreveu :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito de livros desse estilo e que principalmente possuem frases marcantes. A sua resenha foi ótima como sempre ♥

    https://itslizzie.space

    ResponderExcluir
  5. A capa também me agradou bastante. Apesar daquele ditado de nunca julgar um livro pela capa, eu sempre o julgo por ela. E essa capa me chamou bastante atenção. 700 páginas me parece muita coisa (é). Mas, coloquei na minha cabeça que em junho faria algo diferente, então que tal eu começar lendo um livro mais longo? kkk Gravado aqui o nome do livro ;)

    https://quaseadultapl.blogspot.com/
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, Jess!

    Ainda não li o primeiro volume, mas tenho visto tantas resenhas positivas da obra que tem me deixado curiosa! Fico contente de saber que os demais volumes são tão bons quanto o primeiro!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess,
    Ainda bem que não foi coisa da minha cabeça Elain e Azriel! Menina... Minha mãe toda convicta de que ela ficará com o Lucien e eu: sério???? rs
    Eu também amei demais a obra e estou louca por mais.
    E obrigada pela resenha, sinto que não estou sozinha nessa empolgação pela série!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Jess! Essa série é uma das melhores do gênero, fico feliz que tenha tido um final digno. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Jessica,tudo bem?
    Eu ainda não li nada da autora, mas fiquei curiosa em conhecer melhor a trilogia, principalmente por ela ter tido um final coerente.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Jess,
    Que legal que você também está curtindo a série. Estou lendo várias opiniões positivas. Ainda não sei quando vou ler.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  12. Oiii Jess

    Essa é a segunda resenha que leio hoje desse livro e não tem como mais não sentir uma curiosidade enorme à respeito da série. Confesso que bate uma preguiça enorme por causa da quantidade de páginas, mas pelo visto é o tipo de história que vale super a pena. Vou tentar arrumar um tempinho extra pra conferir o primeiro livro.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Jess, tudo bem?
    Gostei de saber que, mesmo sendo longo, o livro não cansa.
    Tenho visto muitos elogios à série, tô ficando curiosa.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  14. Oi, Jess!
    Acabei de vir de uma resenha desse livro hahahahah Hoje em dia, eu vejo que ele tem lá seus defeitos, mas ele não deixa de ser bom.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  15. Oi Jess! Todo mundo anda lendo essa série, impressionante! Eu já estou mais do que convencida que essa série é boa e como vc diz arrebatadora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Oi, Jess!
    As capas desses livros são lindas e não sei como não comecei a ler ainda! Todo mundo está lendo essa série e estou me sentindo muito por fora do mundo literário hahaha Pretendo mudar isso em breve!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  17. Eu fico super indecisa se leio ou nao esse livros... ontem mesmo vi uma resenha metendo pau no primeiro livro. Isso me desanimou horrores! Essa capa é muito fofa... quase 700 páginas! Papai... adoro!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  18. Mesmo sendo enorme, fiquei curiosa com esse livro! Aliás, os anteriores também! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo