terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Resenha - Mil Beijos de Garoto



Título:  Mil Beijos de Garoto
Autor:   Tillie Cole
Editora:  Outro Planeta
Classificação: 
Páginas: 400
Sinopse: Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.


Resenha: 
Mil Beijos de Garoto é um livro que vem sendo falado por muitos blogs ultimamente, e apesar de alguns acharem muito ‘‘bobo’’ eu achei a história em si muito inspiradora.
A história começa com Rune Kristiansen que é apenas um garoto de 5 anos que veio da Noruega com seus pais  para Blossom Grove na Géorgia morar permanentemente devido ao trabalho do pai. Começamos com um Rune muito chateado por deixar seu país e ter que morar em outro, mas as coisas mudam quando ele vê uma garota da mesma idade sua pulando a janela da casa ao lado e vindo cumprimentá-lo.
O nome dela é Poppy e após ambos se conhecerem logo percebem que vão ser melhores amigos.

“Esta vida… bem, ela é só uma grande aventura enquanto a temos. Uma aventura para apreciar e amar com todo o nosso coração antes de ir para a maior aventura de todas.”

Após alguns anos podemos ver que Poppy e Rune não se distanciaram, pelo contrário ambos são melhores amigos e não se desgrudam por nada. Mas logo uma noticia deixa Poppy muito triste e leva ela para um outro rumo de sua vida. Sua doce avó que é sua melhor amiga, acaba ficando e doente e deixando ela, mas antes de ir, ela dá a Poppy um pote com mil corações rosa para que ela possa encher com mil lembranças de beijos de um garoto que ela vá amar para toda sua vida, pois para a avó de Poppy as melhores lembranças que ela possui são dos beijos do marido dela.
Poppy mesmo muito arrasada resolve guardar o pote e manter a promessa com sua vó, logo ela conta para Rune o que vó lhe deu e inesperadamente Rune lhe o seu primeiro beijo prometendo a ela aos oito anos que ele será seu amor e que ele preencherá os mil beijos do pote e a partir dai a amizade dos dois começa a florescer para algo mais.

“Eu vou te dar mil beijos, Poppymin. Todos eles. Ninguém nunca vai beijar você, além de mim.”

Passam mais alguns anos e podemos ver Poppy e Rune já adolescentes e o quanto o amor deles floresceu com o tempo, o quanto os dois são unidos e amam o que fazem, Poppy com sua música e Rune com fotografia, ambos estão felizes, coletando beijos para o pote e vivendo a melhor fase da vida deles e não há ninguém que separe os dois até o momento que o destino resolve mudar as coisas.
Rune acaba descobrindo que terá que volta para Noruega devido ao emprego de seu pai e mesmo sendo contra e brigando ele não consegue mudar a decisão deles, ele terá que deixar Poppy.
Com a dor e tristeza Poppy e Rune acabam se separando, mas mesmo com a distancia ambos sempre estão conectados um ao outro, até que em um belo dia Poppy para de mandar mensagens para Rune, se muda de sua casa e some do mapa sem deixar rastros. Se entender nada, Rune tenta desesperadamente do outro lado do país tentar encontrar Poppy, mas conforme os meses se passam, Rune acaba desistindo de entender porque Poppy o largou do nada e o deixou sozinho.
Após algum tempo Rune volta para Geórgia com seus pais, mas ele não é o garoto de antes que amava fotografia e sempre cuidada de Poppy, agora Rune é homem frio, que se deixou levar pela vida, e quando ele encontra Poppy descobre que ela também mudou, tentando entender o porque dela tê-lo deixando Rune vai descobrir que as verdades nem sempre são bonitas.

“E então éramos Poppy e eu desde aquele dia. Poppy e Rune. Melhores amigos até o infinito. Era o que eu pensava. Engraçado como as coisas mudam.”

"Às vezes tudo que temos são momentos. Porque não há repetições; o que acontece em um momento define a vida - talvez seja a vida."


Mil Beijos de Garoto é aquele livro doce, que trás o mais lindo e profundo amor. É um livro que você vai se emocionar bastante e achar ele muito fofo.
Uma história bela que apesar de ter vários buracos através dos trajetos dos personagens, traz uma linda lição.
O que mais gostei do livro da Tillie é que a personagem que ela criou é muito cheia de vida, Poppy é uma personagem muito para cima, que vê o lado bom da vida apesar de toda a dificuldade que tem que passar, já tinha visto personagens cheio de energia, mas Poppy para mim superou todos os outros livros que já li, ela realmente é cheia de luz e isso deixa o livro leve e doce. Já Rune é a escuridão, apesar de ter passado por muita coisa e ter se tornado tudo oque se tornou, ele foi um personagem que aprendeu com a luz da Poppy a encontrar a sua própria luz, apesar da vida ser injusta muitas vezes, ele conseguiu ver através da Poppy que o que vale a pena mesmo é viver pelas coisas boas, a final a vida da gente passa tão rápido, porque se preocupar com as coisas ruins, sendo que as boas estão ali do seu lado?
O Amor de Poppy e Rune é um dos mais puros amores que encontrei nos livros, de tão doce que é chega até ser um pouco surreal demais o amor daqueles dois, não consigo ver algo assim na vida real, então acabei achando um pouquinho exagerado o amor que a autora criou, mas isso não impactou no livro de todo modo. A história é envolvente e o mistério de Poppy faz a gente querer ler mais e mais e quando descobrimos o que é, o livro continua envolvente, apesar de ser um pouco clichê as revelações da autora.
O Final (prólogo) é o que pega e deixou muita gente desapontada, pois o final foi tão completo que achava que a história não precisaria daquele prólogo meio sem sentido, eu entendi o que a autora quis fazer, Mini spoiler -> Mais não dá para escrever um final triste e depois tentar consertar com um final feliz de 3 páginas <-  para mim não colocou tanto.
Apesar disso posso dizer que Mil Beijos de Garoto é uma leitura fofinha, que vai te emocionar e trazer para cima do seu interior o melhor de você mesmo.


"Por que é necessário o fim de uma vida para aprender a apreciar cada dia? Por que precisamos esperar até ficar sem tempo para começar a conquistar tudo o que sonhamos, quando um dia tínhamos todo o tempo do mundo? Por que não olhamos para a pessoa que mais amamos como se fosse a última vez que a vemos? Porque, se olhássemos, a vida seria tão vibrante. A vida seria tão verdadeira e completamente vivida."



14 comentários

  1. Oi Jess, tudo bem??

    Eu particularmente amei este livro e foi exatamente por esse amor tão raro e quase inexistente que me faz amá-lo. Infelizmente nos dias de hoje não vemos nada assim, mas acompanhei o amor de meus avós que se amaram por mais de 60 anos e quando ela faleceu, ele segurou firme a sua missão e depois foi encontrá-la. Meus avós são exemplo de um amor surreal rs... então ler este livro me trouxe uma reflexão que mesmo que não vejamos um amor assim no mundo de hoje não quer dizer que ele não exista nas raridades do tempo. O livro foi perfeito pra mim. Eu amei Poppy e amei o Rune. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse livro, e apesar de eu não curtir a temática dele, sabe que fiquei curiosa? Parece bem fofinho!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu queria muito ler este livro, e quando li não foi o que eu esperava, a história não me conquistou, além de eu não curtir histórias tristes.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Jeh =)

    Tenho bastante curiosidade em ler esse livro, pois só leio resenhas boas sobre ele. Já está na minha meta de leitura de 2018 e espero não me decepcionar.

    Beijos ;***
    Ane Reis. | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  5. Só de observar seu post posso deduzir que essa leitura faz parte daquelas em que a gente só larga o livro quando consegue saber o final da história.
    Muito lindo e inspirador!

    Beijo!!
    Clube - N

    ResponderExcluir
  6. Oi! Estou doida para ler esse livro, todos falam que é lindo. Adorei a resenha. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jessica!

    Eu também adorei ler Mil beijos de um garoto! Fui convencida por todas as resenhas que andavam pela blogsfera, e não me decepcionei ao encontrar uma história linda e emocionante. Lendo a sua resenha até bateu saudades dos personagens!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, mas quem sabe eu leia esse ano
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
  9. Oi Jess! Este foi o livro que li em 2017 que mais me fez chorar, a história é de partir o coração. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Oii Jess, tudo bem? eu quero ler esse livro desde quando ele foi lançado, tanta gente fala bem, ainda mais por ser um livro que emociona, gosto de leituras assim.
    -Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Jess! Nossa, eu não li o livro, mas por tudo que li a respeito dele não parece nada bobo, pelo contrário, parece uma trama de arrancar rios de lágrimas rsrsrsrs Ainda terei coragem de conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi, Jess

    Quem cometeu a sandice de dizer que esse livro é bobo? Me fala pra eu madar ler de novo e ler direito dessa vez! AHHAHAHAHAHAHA
    Esse livrkwse tornou o meu amorzinho da vida. Também acho que aquele epílogo foi desnecessário, então a gente finge que não existiu! Hahhahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Jess,
    Ah, esse livro não me soa bobo. Pelo contrário, parece ter uma história bem bonita e valer as lágrimas. Já gosto da participação da vózinha. Espero ler esse ano.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  14. Oi Jeh,
    Como eu amei esse livro.
    Eu sofri lendo e no final... Eu amei! Adorei a abordagem da autora, a forma como os protagonistas tem uma ligação forte...
    Um dos favoritos sim!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo