sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Resenha - Sociedade da Rosa




Título: Sociedade da Rosa – Jovens de Elite #2
Autor:  Marie Lu
Editora:  Rocco
Classificação: 
Páginas: 336
Sinopse:  Sociedade da Rosa é o segundo volume da saga de fantasia medieval Jovens de Elite e mostra a jovem Adelina Amouteru com sede de vingança. Depois de ser renegada pela família, ela é traída por aqueles em quem confiou, e parte em busca de outros malfettos — sobreviventes da febre do sangue que, como ela, possuem dons fantásticos —, para formar um exército próprio e combater a Inquisição do Eixo. Mas o ódio e o medo que a alimentam podem levá-la por caminhos perigosos, e uma oferta tentadora vai testar a verdadeira natureza dos seus poderes e de sua personalidade. Uma sequência de tirar o fôlego para uma saga épica.


OBS: Pode conter spoilers do primeiro livro

Resenha: Seguindo a sequência do livro anterior, Adelina Amouteru foi expulsa da Ordem dos Punhais depois de que Enzo foi morto por Teren Santoro. Depois de tudo ela se sente traída por aqueles em que ela se deixou confiar, e ela quer se vingar por isso, mas acima de tudo ela quer acabar com a inquisição e com a destruição dos malfetos, que são pessoas que após a febre do sangue ficaram marcados e até mesmo alguns possuem poderes como Adeline, os que no caso são chamados Jovens de Elite. Adelina agora partiu junto com sua irmã Violetta em outras terras em busca de seu próprio exército para combater a Inquisição.
"Era uma vez uma menina que teve um pai, um príncipe, uma sociedade de amigos. Então, eles a traíram e ela destruiu a todos."
Só que os poderes de Adelina estão cada vez mais sombrios e quanto mais Adelina usa esses poderes maior é sua sede de vingança contra os outros que viraram as costas para ela.  Cada vez mais a escuridão está consumindo Adelina e o efeito está voltando para ela cada vez mais forte, atordoada com a mortes que causou cada vez mais Adelina se sente perto do submundo e da escuridão que a cerca.
A batalha pela frente está mais difícil do que antes e agora sem a ajuda dos punhais, Adelina se vê sozinha para conquistar seus próprios jovens de elite e tomar  o trono de Kenetra para ela mesma governar,  ela sabe que sua única arma para que temam ela é seus poderes de ilusão.
''O desespero desperta a escuridão em todos.''
Em Kenetra podemos ver  o efeito da morte de Enzo para os punhais e agora Rafaele é que comanda os Jovens de Elite, e com a chegada da rainha Maeve de Beldain, Rafaele tem poucas escolhas para que lado ficar e quando a rainha lhe faz uma revelação chocante, tudo e todos começam a mudar o rumo para qual pretendem seguir, mas mesmo assim Rafaele ainda não sabe se realmente vale a pena arriscar tudo por essa causa de Maeve.
''O medo motiva, mais do que o amor, a ambição ou a alegria. O medo é mais poderoso do que qualquer outra coisa no mundo.''
Quando Adelina consegue juntar um pequeno exército e alguns jovens de elite, ela parte para Kenetra novamente em busca de vingança e quando ela descobre alguns segredos dos punhais ela resolve agir e isso fará com que ela tenha escolhas difíceis e essas escolhas podem acabar sendo sua salvação ou até mesmo sua própria ruina.
''Mas os verdadeiros governantes não nascem. Nós somos feitos.''
Fim dos spoilers.



Sociedade da Rosa foi uma leitura surpreendente, pois é aquele tipo de livro que você não tem ideia do que vai acontecer na página seguinte e fica imaginando como a autora vai resolver aquela situação. Na resenha anterior que fiz do livro, falei um pouco sobre a personagem Adelina e como não consegui gostar totalmente dela, pois para quem não leu a série Adelina não é exatamente a heroína ou mocinha das histórias que estamos acostumados a ler, pelo contrário Marie Lu arriscou criando uma personagem vilã, que por mais que tenta ser boa, a escuridão fala mais alto e acaba consumindo ela mais e mais ao longo da história. Se você espera encontrar uma garota boa, gentil que se importa com os outros, nem comece a ler essa trilogia, pois Adelina não é nada disso.
Com um passado complicado e sendo torturada pelo pai, a história de Adelina começa ai e nisso conseguimos ver sequelas que trouxe para começar ser uma garota mais fria, que prefere sobreviver do medo dos outros do que da bondade. Seus poderes não ajudam ela também a ser  uma pessoa melhor, cercada por escuridão, vozes sombrias a atormentando e dizendo para ela ser mais impiedosa possível, Adelina controla ilusões, ela pode simplesmente cria o que quiser, fazer com que alguém veja um outro rosto nela ou até mesmo a pessoa sentir que está sendo esfaqueada por milhares de facas e sentir a dor como se fosse real. E é claro que ela usa seus poderes para infligir dor e até mesmo levar a morte a pessoa.
E nesse livro vemos muito da crueldade da Adelina e como ela pensa que tentou de tudo para ser boa, para ser uma pessoa que preferia o amor ao invés de tudo, mas que percebeu que a dor e o medo para ela a deixava cada vez mais forte e mais temida por todos.


Eu digo que essa trilogia você tem duas opções, ou você gosta ou você não gosta. Eu particularmente gosto muito de toda a criatividade que autora teve para escrever esse livros e por mais que Adelina ainda não me convença, gosto demais do resto para largar a história por causa dela.
Temos dois novos personagens na Trama que é Magiano e Sérgio, novos jovens de elite que resolvem ficar do lado da Adelina para derrubar a inquisição, são personagens cativantes e que fazem você gostar deles no mesmo instante. Já Violetta teve um maior destaque no livro e podemos ver um maior crescimento da personagem na trama toda.
Os Punhais também aparecem na história, mas dessa vez em menos cenas do que o livro anterior. O livro ficou narrado por Adelina, Rafaele e Teren fazendo com que entendêssemos o que passava em cada ponto da história e como elas foram se interligando.
Também temos a aparição de um outro personagem que fez a história ganhar um novo rumo e fazer com que Adelina fizesse escolhas complicadas e que no fim, acho que vai acabar destruindo ela mesma.
Esse livro foi bem mais sombrio que o anterior e teve diversas mortes cruéis e imparciais pelos personagens, percebemos que nesse livro a luta é pelo trono de Kenetra e que ninguém se importa em matar se for necessário tê-lo.

Uma trama cheia de surpresas e que você não tem ideia do que vai acontecer, recomendo para quem quer se aventurar em algo novo e ter uma visão diferente do personagem principal que sempre é o mocinho e nessa história é totalmente o contrário.

15 comentários

  1. Oiii Jess

    Eu amei esse livro, gostei mais do que do primeiro justamente por que tanto Adelina quanto a irmã dela sofrem uma evolução absurda e gostei desse tom mais obscuro que a autora deu à protagonista. Morrendo de vontade de conferir o desfecho final.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Sou curiosa por esta série, é tanta coisa boa pra ler que não dá tempo de ler tudo. Adorei saber sua opinião sobre a obra.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Jess! Eu torço muito para que a Adelina não tenha sucesso, esta menina é muito ruim.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Jess, eu ainda não comecei a ler a série, mas li todos os spoilers porque sou dessas hehehehehe que bom que vc curtiu a leitura e estou convencida que Adelina é uma personagem e tanto.

    Bjs, mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Menina, eu também não gostei nem um pouco da Adelina e ainda não criei coragem pra ler a sequência. Eu gostei muito do universo criado, a Marie Lu arrasou mais uma vez, ainda assim...Pretendo ler, só não sei quando.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, Jéssica.
    Então, sou do time que não gosta hehe. Eu fui com muita sede ao pote porque tinha amado Legend e acabei me decepcionando um pouco. Por isso disse que não ia ler os outros. mas depois da sua resenha eu até talvez leia mais para frente.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Esta é uma série que tenho muita curiosidade em ler, também tenho em ebook para ler =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  8. Oi Jessica!
    Eu nunca me interessei pela trilogia (também não li Legend), mas adorei isso de a protagonista ser uma personagem sombria e cruel. Fiquei curiosa para saber o destino dela.
    Beijos,
    Alem da Contracapa

    Não deixe de participar da Promoção de Aniversário do blog, serão 23 prêmios para 12 vencedores.

    ResponderExcluir
  9. Eu com certeza iria gostar! Menina eu adoro livro onde o autor nos deixa loucos e sem saída. Adoro esse tipo de crueldade na escrita kkkk Estou lendo Desintegrados e o autor também é assim, ele é cruel com os personagens e eu gosto muito disso. kkkk
    Quero ler essa trilogia.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu não sabia que esse era o primeiro livro, mas já vi falarem bem dele e que bom que foi uma leitura surpreendente e que gostou dele, parece ser uma boa história.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Jess, tudo bem?
    Que bom que você gostou do livro!
    Achei a capa linda e a premissa muito legal.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Essa saga tem as capas muito bonitas, sempre me chamou muito a atenção.. Quero ler algum dia quando a minha lista não for mais tão extensa de leitura kkk

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Jess

    Infelizmente não pude ler a resenha por conta do aviso de spoiler. Eu quero muito ler algo da Marie, mas é tanta coisa pra ler... às vezes dá vontade de chorar pelo tanto de livro que tenho atrasado aqui! Hahahaha
    Espero curtir, já que não curto muito o gênero, mas pretendo me arriscar!

    Beijocas
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica, tudo bem?
    Nunca li nada da autora, tenho o livro Legend mas confesso que nunca animei a iniciar a leitura, não sei porque.
    Li essa resenha por alto por causa dos spoilers e fico muito feliz por você estar curtindo a escrita. Quem sabe futuramente dou uma chance para a autora, né?

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  15. Oie Jeh =)

    Eis uma autora que preciso conhecer logo. Só leio boas resenhas dos livros da Marie Lu, mas ainda não tive a oportunidade de ler nada dela.

    Ótima resenha!

    Beijos ;***

    Ane Reis | My Dear Library 

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo